Nossa história

A ideia do projeto De Peito Aberto surgiu após a jornalista e escritora Vera Golik e o fotógrafo e sociólogo Hugo Lenzi vivenciarem no mesmo período vários casos de câncer na família. "Em 2000, na mesma semana, soubemos que minha irmã Andrea e meu irmão Peter estavam com câncer. Minha mãe, Dagmar, também recebeu o diagnóstico de câncer alguns meses depois", conta Vera.

Criar o projeto foi a forma encontrada pelos autores de transformar a experiência pessoal em algo ativo para sensibilizar e ajudar outras pessoas. Decidiram usar a arte e a criatividade, a escrita e a fotografia para demolir estereótipos fazendo um registro do universo feminino sob uma perspectiva mais humana e sensível.

Assim, desde 2006, o projeto vem sendo exibido nas principais cidades do Brasil e também no exterior, atraindo milhões de pessoas para visitar, se emocionar e refletir sobre seus papéis, seja como pacientes, médicos, familiares, amigos, ou mesmo como o público em geral. O impacto e o sucesso das exposições fotográficas e das palestras têm mostrado resultados concretos, ajudando a quebrar paradigmas, levando informação sobre a importância do cuidado com a saúde e estimulando a reflexão sobre o tema para mudar a forma como o câncer é visto e tratado.

Our history

The idea of the Open Hearted project started after the journalist and writer Vera Golik and the photographer and sociologist Hugo Lenzi had lived at the same time several cases of cancer in their families. "In 2000, in the same week, we got to know that my sister Andrea and my brother Peter had cancer. My mother, Dagmar, also received the cancer diagnosis some months later", tells Vera.

Creating the project was the way the authors found to transform their personal experience into something active to sensitize and help other people. They decided to use art and creativity, the writing and photography to destroy stereotypes by doing a record of the female universe under a more human and sensitive perspective.

Thus, since 2006, the project has been exhibited in the main Brazilian cities and in foreign countries as well, attracting millions of people to visit it, to get touched by it, and to reflect about their roles, whether as patients, doctors, family members, friends or even as the general public. The impact and success of the photo exhibition and the lectures have been showing concrete results, helping to break paradigms and informing about the importance of health care and stimulating the reflection about such topic to change the way how cancer is seen and treated.